06.11.2017 | Social

Projeto Integração: Colégios Santa Isabel e Consa

As distâncias que separam os bairros de Moema e Jardim São Luis, periferia da Zona Sul de São Paulo, estão cada vez mais curtas. Em parte, graças ao Projeto Integração e à vontade dos estudantes do Consa (Colégio Franciscano N. Sra. Aparecida) na realização das ações de voluntariado.

Mais uma vez o grupo de voluntários do Consa, formado por estudantes do Ensino Médio, e liderados pelos professores, se organizou para uma atividade pedagógica, recreativa e social no Colégio Franciscano Santa Isabel, unidade beneficente filantrópica, que, assim como o Consa, tem como Mantenedora, a Associação Cultura Franciscana – ACF.

Além de promover a integração entre as duas unidades educacionais da ACF, o projeto possibilita mostrar aos jovens do Ensino Médio do Consa, a paradoxal realidade existente na cidade de São Paulo e distante apenas 10km do Colégio. Trabalhar em ações onde a empatia pelo próximo é cultivada, ou seja, vivenciar a realidade dessas crianças em situação de vulnerabilidade social, aumenta as chances de formarmos adultos conscientes de seu papel sociorresponsável na busca por um futuro com equidade entre todos.

Os estudantes do 2º ano do Ensino Fundamental do Santa Isabel receberam, com muita alegria, os estudantes do Ensino Médio do Consa e, para iniciarem as atividades do dia escolhidas como temas do projeto para este ano, foram ao Laboratório de Ciências para aprenderem sobre como o lixo impacta o meio ambiente, as variadas maneiras que o ser humano adota para dar destino correto ao lixo produzido e a importância dessa prática, observando e aplicando conceitos de ecologia e sustentabilidade, assim como ensina São Francisco de Assis. Essa aula foi especialmente preparada e apresentada pelos próprios estudantes do Ensino Médio do Consa.

projeto integração (3)

Após a aula no Laboratório de Ciências, chegou a hora do lanche comunitário que, inclusive, havia sido preparado também pelos estudantes do Consa.

projeto integração (6)

Depois de desenvolverem seus conhecimentos no laboratório e de se alimentarem com o delicioso lanche, chegava o momento que toda criança adora: brincar! Os estudantes voluntários haviam produzido diversos brinquedos feitos a partir de material reciclável (com papelão, garrafas PET, plástico) e organizaram um momento de recreação com os estudantes do 2º ano. Várias brincadeiras e muita diversão para estreitar laços entre os estudantes das duas unidades educacionais.

O Projeto Integração almeja oportunizar a convivência entre as diferenças e mostrar que todos temos a aprender um com o outro não importando as distâncias e nem as distintas realidades sociais em que vivemos: somos todos agentes de transformação e, assim, construiremos uma nação em que a real noção da sociedade na qual vivemos será considerada para pensarmos a nossa responsabilidade enquanto brasileiras e brasileiros.